contar

World Sweet Home

maio 2, 2017

Nosso querido Leandro é velho companheiro das Pereiras. Poeta, fotógrafo, colaborador do Apezinho, nosso amigo escreveu um lindo poema para seu canto no Rio de Janeiro. “Depois de 3 casamentos, moro só e a decoração é minha mesmo, com erros e acertos (mais estes do que aqueles, espero).” Muito mais acertos, temos certeza, Leandro!

Boa leitura!

***

Há asas na minha casa. Muitas,

como se flores fossem.

Há galhos secos, de outono

e inverno.

Há muitos pássaros pousados também.

Todos livres, gaiolas não há.

Há janelas, convidativas,

e braços abertos.

Há mapas na minha casa

mapas mundi, planisférios, globos terrestres

a percorrer.

Há palavras espalhadas pelas paredes,

pelos objetos, cadernos, livros.

Livres.

Algumas se repetem, se reforçam,

pra que eu não esqueça

que viver é verbo.

E é isto apenas que sou

palavras, asas e mundos.

E vento.

Sou vento.

***

Nota do Apezinho: Lindo, né? Que nossos espaços sempre nos tragam aconchego e liberdade, nas doses que escolhermos.

Segue o nosso amigo no Instagram!

Você também pode gostar de

2 Comentários

  • RespondaRobertamaio 2, 2017 at 2:08 pm

    Lindo! A caneca vento é de onde?

    • Daniela Pereira
      RespondaDaniela Pereiramaio 2, 2017 at 3:45 pm

      Oi Roberta, a linda caneca é da Tok&Stok. Beijos e volte sempre!

    Deixe uma resposta