decorar

32 metros quadrados em 10 dicas!

outubro 2, 2017

Olha o desafio da Adriana Fontana, designer de interiores. Ela foi procurada por um casal recém-casado, que iria morar em um apezinho de 32 metros quadrados e gostaria de…

um quarto com um mínimo de privacidade,

uma sala de estar e uma mesa de jantar,

um espaço para trabalhar,

além de uma bancada em L na cozinha e uma área de serviço.

Com uma solicitação tão grande para um apartamento tão pequenino, nossa amiga teve que usar de muita criatividade para conseguir encaixar todos os sonhos no estúdio.

O que ela fez?

Adotou uma base de cores neutras, além de  tirar partido de truques de marcenaria. Sua equipe fez uma estante vazada, delimitando o quarto e a sala e coloram uma TV que rotaciona para dois ambientes, a sala e o quarto. Na estante, criaram um espaço para que uma pessoa pudesse trabalhar. Além disso, elaboraram uma mesa de jantar que sai de um quadro. Quando aberta, ela oferece um bom espaço para colocar as louças, copos, xícaras e acessórios. Uma ótima ideia!

“Em um espaço tão reduzido, conseguimos criar um armário de roupas com 3 metros lineares e mais 1,5 m para guardar os itens de jantar. No banheiro, criamos um armário espelhado em cima da bancada e da bacia, para guardar os itens de banheiro. Utilizamos revestimentos claros e uma boa iluminação, para dar amplitude ao banheiro. Na cozinha, escolhemos um revestimento de aço inox, que conversam com os eletrodomésticos escolhidos e que trazem ao ambiente um aspecto moderno e interessante. Optamos por utilizar um piso vinílico, com alta durabilidade, aspecto muito próximo à madeira e com um custo benefício adequado ao cliente”, diz Adriana.

Veja as 10 dicas de aproveitamento utilizadas no espaço:

Dividir sem bloquear – “Os proprietários pediram que, de alguma forma, fosse feita uma divisão entre o quarto e a sala. Decidimos criar essa estante vazada, que separa sem bloquear totalmente. Serviu muito bem para não obstruir a luz natural e a ventilação, já que o apartamento só tem duas janelas e é uma sala pequena“.

Estante multifunções – “Desenhei a estante para atender a sala e o quarto ao mesmo tempo. A marcenaria permitiu, inclusive, um suporte giratório para a televisão. Assim, eles podem assisti-la tanto da cama quanto da sofá. Além disso, ela serve como um espaço de armazenamento e como mesa do pequeno home office. Resolvemos várias questões com um só móvel!”

Área de refeições retrátil – “Os proprietários queriam um espaço para comer e pediram que, se possível, ele ficasse na sala e não na cozinha. Criamos a solução da mesa que sai de um quadro da marcenaria. Depois, foi preciso resolver a questão de armazenamento dos acessórios e utensílios.”

“Quando se abaixa a mesa, são reveladas prateleiras internas, feitas para resolver tais quesitos. A primeira, no mesmo nível do móvel, reserva galeteiro, guardanapo, temperos, enquanto as superiores guardam os copos, pratos e xícaras. Assim que a estrutura é aberta, os moradores têm acesso aos itens que serão usados na mesa.”

Mobiliário multiuso – “Quando a mesa de refeições é fechada, as cadeiras não sobram no ambiente: colocamos uma delas voltada para a estante, no espaço do home office, e a outra vira criado-mudo, ao lado da cama.”

Equilibrar metragens – “A área de serviço era muito pequena e, o banheiro, grande. Por isso, reduzimos um pouco a primeira área e aumentamos a segunda. Assim, abrimos um espaço para a chegada da máquina de lavar e do tanque, que antes não existiam.”

Iluminação pontual – “No quarto não existia espaço para uma luminária intimista. Por isso, apostamos nestes modelos embutidos no forro, com formato de bola, que permitem três opções diferentes de uso. É possível deixar as três acesas, só a maior ou só as duas pequenas.”

Atenção ao lifestyle – “A porta de entrada abria no sentido invertido do que é hoje. Antes, ela dava direto para a cozinha. Decidimos mudar a direção, para colocar, ali, bancada em L e o microondas, já que a moradora adora cozinhar. A configuração antiga não permitiria isso.”

Prateleira nas alturas – “Como ela é advogada, precisa de espaço para muitos livros, além de documentos. Tratamos, então, de criar prateleiras superiores no topo de três paredes, próximas do teto. O conjunto tem a mesma cor para não criar uma quebra visual.”

Armário suspenso no banheiro – “No banheiro, não temos só o gabinete, mas também um armário superior, com 10 cm de profundidade, que segue até o box. Com isso, o espaço de armazenamento aumenta. O móvel é espelhado e fizemos um detalhamento, na extremidade de baixo, que permite abrir as portas sem sujar ou marcar os espelhos.”

Sem cheiros pela casa – “Optamos por uma coifa potente, já que a cozinha não tem porta. Alguns apartamentos não têm essa saída para tal, mas existem algumas alternativas, como, por exemplo, as coifas eletroestáticas. Trata-se de um depurador que cumpre a mesma função. Apesar de custar um pouco mais, é uma alternativa boa.”

Nota do Apezinho: Curtiu? O Apezinho tem vários posts legais sobre microapezinhos e suas soluções de decoração criativas, dá uma olhada! World Sweet Home, Lar dos Prin,  Morando Pequeno, Apezinho lindo em muitos detalhes e Um sonho de 35 metros.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta