comer

Alimentação sustentável

junho 16, 2016

Encontramos esse guia rápido que nos fez pensar sobre nossos hábitos alimentares. Tomara que ele te inspire também. Veja como começar sua mudança!

Não fique sem as suas gostosuras naturais preferidas, congele-as! – Claro que apreciá-las in natura é a melhor opção. Mas você pode congelar suas frutas e vegetais preferidos durante todo o ano, em vez de comprá-los fora de época (ficam tão tristinhos). Você ainda pode cozinhar com os alimentos da estação, misturando-os, sabe?

Saiba quais são os alimentos de cada estação e como congelar vegetais.

Compre carne orgânica – Independente do tipo, certifique-se que a sua carne é alimentada naturalmente, livre de hormônios e orgânica. O mesmo vale para produtos lácteos. Conheça seus benefícios.

250166_1104204936267382_4958845401673530397_n

Compostagem, o que é isso? – Trata-se de um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica. A técnica de compostar ajuda na redução das sobras de alimentos, tornando-se uma solução fácil para reciclar os resíduos gerados em nossa residência. Saiba mais nesse post sobre uma oficina de plantio da qual participamos e adoramos.

Compre produtos locais – Sempre que possível, compre o que for local. Isso ajuda a reduzir gases de efeito estufa criados pelo transporte de alimentos em longas distâncias. Além de ser perto da sua casa, o dinheiro fica na sua comunidade. Compre do pequeno!

Reutilize a água de cozimento – Ferver legumes ou macarrão? Não jogue fora a água, ela está cheia de sabor. Em vez disso, reutilize-a no cuscuz, arroz ou sopas.

Invista em bons panelas – Lembra daquelas panelas com revestimento antiaderente da sua mãe na década de 90? Elas são horríveis. Escolha aço inoxidável, cerâmica ou ferro fundido. Conheça os prós e contras de todos os tipos disponíveis no mercado.

13062529_1134702956550913_7116098368540151137_n

Substitua o açúcar refinado com mel – É mais sustentável e tem toneladas de benefícios para a saúde. Mel local? Melhor ainda e ainda pode ajudar com suas alergias.

Compre de marcas que não exploram seus trabalhadores – Quando se trata de produtos como chá, café ou chocolate, compre apenas de empresas confiáveis. Você estará promovendo melhores condições para os funcionários e métodos de cultivo mais sustentáveis. Cuide do mundo!

Use azeite biológico – Azeitonas convencionais são fortemente pulverizadas com pesticidas, que podem ser potencializados quando transformadas em óleo. Que bela sugestão!

Livre-se do plástico – À medida que aprendemos mais sobre os efeitos na saúde e ambientais causados pelo plástico, nos damos conta que vivemos o momento perfeito para eliminá-los de nossa cozinha. Optar por madeira ou vidro é o melhor caminho. Mantenha os utensílios de sua cozinha bem limpinhos!

Atenção às promoções – Verifique a seção de descontos e os itens que estão se aproximando da sua data de validade. Esta é outra ótima maneira de construir seu estoque de alimentos congelados.

13076975_1135921229762419_8412312142656013459_n

Seja criativo com as sobras – Não as jogue no lixo, não mesmo! Dá pra inventar pratos novos e ainda evitar o desperdício de alimentos.

Comprar a granel – Comprar itens como feijão, lentilhas, quinoa e arroz a granel. É consideravelmente mais barato. O que precisamos é de mais espaço pra guardá-los.

Crie a sua hortinha – Não há mais desculpas! Se você tem uma janela, você pode cultivar ervas, alho e outros pequenos vegetais em copos ou recipientes que você pode manter durante todo o ano. Quer saber mais? A gente conta!

Diga não ao descartável e recicle tudo o que conseguir – Esse item dispensa explicação!

Nota do Apezinho: as imagens lindas do post são da Raw Vegan Blonde.

Encontramos outro link maravilhoso sobre o assunto: 8 dicas para consumir sem agredir o mundo em que vivemos.

Você também pode gostar de

3 Comentários

  • Responda dayse de andrade julho 25, 2016 at 7:08 pm

    Amei! Assuntos que muito me interessam, e de uma forma bem facil de aprender.

    • Daniela Pereira
      Responda Daniela Pereira julho 27, 2016 at 2:21 pm

      Obrigada, Dayse! Aprendemos muito com esse texto também. Beijos das Pereiras.

  • Responda claudina maria agosto 26, 2016 at 11:27 am

    por favor me facilitem a inscrição, porque não estou conseguindo!
    Adorei este site, finalmente!!! Gratidão! Parabéns! Abraço!

  • Deixe uma resposta