manter

Primeiros consertos

julho 23, 2013

Conseguir profissionais especializados para realizar tarefas domésticas é cada vez mais difícil, sobretudo nos grandes centros. Por profissionais especializados, leia-se aqueles que farão, por exemplo, consertos em canos furados, pintura em paredes que precisam ser reemassadas, colocação de azulejos e troca da fiação que já não está mais adequada à quantidade de itens eletroeletrônicos.

Pequenos reparos, furos na parede para pendurar quadros, pinturas em paredes lisas, instalação de tomadas podem e devem ser feitos pelos próprios moradores, pois, como no caso das empregadas domésticas, o desenvolvimento do país tornará a contratação de pessoas para essas funções economicamente inviável.

Com pouquíssima habilidade, um pouco mais de disposição e as ferramentas certas é possível fazer quase tudo em casa e conquistar a muito bem-vinda sensação de independência. Anote o kit básico do homem e da mulher despachados:

1-      Furadeira para uso doméstico, com brocas de 5 a 8 para alvenaria e madeira, com os respectivos parafusos e buchas.

2-       Cinco chaves de fenda, da “cotoco” a 5/16 x 8 polegadas e cinco chaves philips, na mesma variação (quando o parafuso estiver emperrado, lembre-se das aulas de Física: quanto maior a alavanca, menor a força).

diy3-      Martelo de mais de 500g, alicate universal de 8 polegadas, alicate de corte (para fios), jogo de chaves inglesas e chave de grifo para canos de 18 polegadas.

 

4-      Fita teflon, fita isolante, espátula, pregos e parafusos diversos.

5-      Caixa de ferramentas com gavetas para guardar tudo.

Mãos à obra!

Nota do Apezinho: os links acima servem como apresentação dos objetos e indicação de preços. Não temos qualquer preferência por marcas.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta