decorar

Um apezinho chamado Tom!

junho 12, 2018

O apartamento TOM fica no 3º andar de um charmoso edifício dos anos 60 no bairro de Higienópolis, São Paulo. A planta original foi estruturada em torno de um corredor central que separava e articulava três universos – as áreas de serviço, as áreas íntimas e a área social. Esse modo de morar de tantos anos atrás tornou-se incompatível com a vontade do novo morador, um defensor dos espaços de uso global.

As arquitetas do estúdio Deixa tinham uma missão clara: “dissolver” os espaços determinados pela planta original, redesenhando então o corredor, banheiros, lavanderia e cozinha. Dessa forma novas relações foram criadas entre as áreas íntima e social, que tiveram suas configurações mantidas.

Entre a sala e a cozinha, o corredor foi extinto, conectando seus espaços. A área do antigo banheiro – que servia os quartos – e do antigo lavabo – para uso exclusivo da sala –, serviu para ampliar o corredor, que, acomodando uma área de trabalho e um estacionamento de bicicletas, deixou de ser um lugar de passagem.

A área dos antigos banheiro e quarto de serviço foi compartimentada para abrigar dois novos banheiros, um que configura uma suíte, outro para uso comum. Esse último, além de ter entrada pelo corredor central, mantém conexão com a lavanderia através de uma porta de vidro leitoso, que, quando aberta, amplia a área de secagem.

O piso em quatro tons de ladrilho hidráulico hexagonal demarca toda a área de intervenção. Os armários para a cozinha e lavanderia, em marcenaria e mármore pinte verde, foram desenhados respeitando a paleta do piso.

O que a gente achou? Uma coisa linda. A escolha das cores. A amplidão dos espaços. As paredes brancas. E esse ar “antigo” tão bonito, nos pegaram de jeito. E não, não é jabá. A gente amou mesmo a coragem do projeto. As meninas Gabi, Manu e Maria arrasaram! <3

As fotos são do Fabio Matuzawa.

 

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta