decorar

Para não dar errado

fevereiro 22, 2016

Antes de mais nada, é bom lembrar que a gente pode decorar nosso canto do jeito que quisermos. Essa é uma das grandes vantagens de morar sozinho! Se você curte e não tem dificuldades com o assunto, pule esse post. Mas, se você acha que decorar é uma tarefa difícil, leia as dicas abaixo e fuja de decisões arriscadas! Nossa tradução é livre e o post original foi encontrado aqui.

Manter quartos “desordenados” – O quarto deve ser um espaço de descanso e organização, um santuário da vida quotidiana e um lugar tranquilo para começar e terminar o dia. “As cores e texturas utilizadas devem refletir esses estados de espírito e não ser demasiado barulhento ou metido à besta”, diz Natalie James, estilista interior no The Stylesmiths.

Colocar pisos “monótonos” – Muitas pessoas dizem que o melhor é criar um piso único no ambiente pra deixar o espaço coeso e maior. Isto pode causar uma grande despesa para o morador e atrapalhar seu projeto. “Certifique-se que não existe um revestimento de boa qualidade, tais como tábuas originais, escondido sob opções de revestimento mais baratos, como laminado ou carpete”, diz Rohan Little, diretor de óxido de Design.

mdiynnwwmdawmdqzmdkxn3w5ng..

Sobrepor tapetes – No topo da lista de erros de decoração de muitos arquitetos. “É contraproducente, alto risco de tropeço e meio ridículo”.

Selecionar uma paleta de cor muito escura – os espaços podem parecer menores. Dica: “Tenha itens claros e brilhantes e os misture a objetos ecléticos em pequenas doses”, diz Georgia Ezra de G.A.B.B.E Design de Interiores.

Empurrar móveis contra as paredes – Contrariamente à prática, afastar os móveis das paredes cria intimidade e equilíbrio. “Nunca coloque mobília diretamente contra as paredes, especialmente em espaços pequenos”, diz Bec Astrinakis de Nathan + Jac.

mdiynnwwmdawmdqzmdkyohw5ng..

Misturar acabamentos naturais e “fakes” – Limite a paleta de seus materiais para ter um resultado mais harmônico. “Se você está utilizando materiais naturais, tais como superfícies de mármore ou acabamentos de madeira, evitar “faux” acabamentos nas proximidades”, diz Clare Kwok, Associado da ClarkeHopkinsClarke.

Esquecer a luz – Uma área repleta de sol é fundamental para criar um ambiente esteticamente agradável. Dica: “Se você não tem muita luz natural, invista em espelhos. Eles irão refletir e aumentar a luz no quarto”, diz Georgia Ezra de G.A.B.B.E Design de Interiores.

Escolher um pequeno tapete – “Eles flutuam no meio da sala e não criam nenhum efeito “, diz Lauren Macer de Sisalla Design de Interiores. “Se você colocar um tapete debaixo da mesa de jantar, não se esqueça de deixar pelo menos 50 centímetros de largura extra em cada lado da mesa para que as cadeiras fiquem no tapete mesmo quando forem usadas”, diz Victoria Baker de Temple & Webster.

mdiynnwwmdawmdqzmdkymnw5ng..

Colocar muito brilho – Quando pensar em acabamentos brilhantes, não os use em todas as superfícies, mas sim como “destaques”.

Exagerar nos toques finais – “A chave é misturar várias fontes, mas não deixar o cômodo com aparência de showroom”, diz Lauren Macer de Sisalla Design de Interiores.

Não escolher um tema – Uma decoração com estilo tem um forte senso de propósito. Sua história une todos os espaços.

Pendurar quadros muito alto – Eles devem estar no nível dos olhos para atrair mais atenção. “O nível médio dos olhos é de 150 centímetros a partir do chão. Você não quer esticar o pescoço para ver um trabalho artístico bonito”, diz estilista interior, Emma Blomfield.

mdiynnwwmdawmdqzmdkxmxw5ng..

Se afogar nas tendências – O esquema geralmente funciona melhor se você escolher poucas peças “trends”. Elas nem sempre funcionam bem na vida real.

Comprar almofadas muito planas – Invista no recheio confortável para as suas almofadas.

Seguir esquemas restritos de cores – Tons rigorosos podem engessar. “Adicione profundidade e interesse visual. E trabalhe com uma mistura de tons mais claros e mais escuros de suas cores escolhidas”, diz Jessica Bellef de Temple & Webster.

Escolher mobiliários desproporcionais – “Você pode conseguir a proporção correta com camadas de móveis e acessórios de diferentes alturas e tamanhos “, diz Bec Astrinakis de Nathan + Jac.

Nota do Apezinho: As imagens lindas desse post foram encontradas aqui!

Você também pode gostar de

2 Comentários

  • Respondasandraabril 7, 2016 at 11:16 pm

    Quero saber mais novidades de como cultivar hortas em casa com pedaços criativos e saudáveis!

  • Deixe uma resposta