contar

Vivendo com o essencial

abril 24, 2014

Há 10 anos, a americana Dee Williams vivia em uma bela casa de 1.500 metros quadrados em Portland ,no Oregon. Mas vivia preocupada com a hipoteca e manutenção do endereço. Tudo tão caro que a deixava sem dormir.

Para completar seu drama, Dee descobriu uma séria doença cardíaca. O susto foi imenso mas não a paralisou; Ele serviu pra ela reavaliar seu estilo de vida e decisões do passado. Do jeito que estava não dava pra continuar.

foto5Sabe o que ela fez? Vendeu sua casa, zerou os seus problemas financeiros e começou a construir o seu novo canto no mundo.

O design da nova casinha tem a forma simples de um triângulo como as que as crianças desenham. Tudo cabe em 8 metros quadrados.

Não se trata de ter menos, pelo contrário, seu novo endereço lhe dá mais tempo e dinheiro pra se dedicar ao que realmente importa!

Atualmente Dee trabalha com tratamento de resíduos para o Departamento de Ecologia de sua cidade. O resto do tempo é gasto em voluntariado, babysitting para os filhos dos amigos e consultoria através da Portland Alternative Dwellings.

PicMonkey Collage

Dee demorou três meses e US $ 10.000 para construir a casa . Cerca de US$ 2.200 foram dedicados ao sistema solar. “Eu não tenho espaço sobrando, então eu realmente tenho que examinar tudo o que vou comprar! Eu poderia querer um monte de coisas mas isso não significa que eu preciso delas.”

Você pode ler a história completa de Dee em seu livro de memórias: The Big Tiny.

Esse post foi escrito a partir desse link encontrado na Houzz. E no YouTube encontramos dois vídeos sobre ela bem legais: Little House on the Trailer e Dream big, live small.

Nota do Apezinho: temos um outro post bem lindo sobre Arquitetura Sustentável com casas lindas que custaram quase nada!

Ah, e um sobre desapego que é uma beleza!

 

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta