contar

Com estranhos e feliz!

setembro 3, 2013

Hoje estou abrindo as portas da minha casa, um flatshare em Londres, onde vivo com uma amiga brasileira e um novo amigo tcheco que ‘recrutamos’ num site de flatshare. Aqui em Londres esta situação é comum e muito popular, não só entre os estrangeiros que vivem longe de casa mas entre os próprios ingleses também. Levou um tempo para minha família entender que o fato de eu ter largado meu apartamento alugado no Leblon, onde eu vivia sozinha e era totalmente independente, para um quarto alugado numa casa cheia de estranhos a 10.000 Km do Brasil, não era uma loucura! Ou talvez seja, quem sabe…

photoA verdade é que esta forma de morar é muito comum aqui, me adaptei ao estilo inglês e gosto muito. Os ingleses saem da casa dos pais muito mais cedo do que os brasileiros. Geralmente na época em que vão pra faculdade, deixam também os pais para morar com amigos ou estranhos! Quando eu cheguei em Londres eu morava numa casa com 4 pessoas, todos ingleses e estranhos, que com o tempo viraram amigos. Depois de quase 5 anos aqui a vida melhorou um pouquinho. Hoje divido só com 2 pessoas e agora tenho mais amigos do que estranhos em minha vida. Desconfio que minha mãe ainda não se convenceu que houve muita melhora (mudar de um flastshare de 5 pra 3 não é exatamente como ganhar na loteria!), mas há coisas que só vivendo pra saber.

Enquanto isso eu continuo tentando convencê-la que a vida aqui está muito boa sim, que não, não estou passando necessidade, sim estou comendo, sim é normal dividir a casa com estranhos e o mais importante: sim, estou muito feliz! Sinceramente acho que nunca conseguirei convencê-la, mesmo que eu ganhe na loteria! Mas isso também faz parte da vida de quem não mora mais com pais. :)

IMG_9723Eu moro perto da Tower Bridge, um ponto turístico famoso de Londres, em uma região muito legal pertinho de uma das zonas de maior diversidade cultural, artística e musical de Londres. Há um canal lindo em frente à minha casa onde Antônio e Fátima (dois cisnes para quem dou “bom dia” no meu caminho ao trabalho todos os dias) moram junto com seus amiguinhos, os patinhos! Tentei dar nomes a eles também, mas são muitos e eu estava ficando confusa, e eles com crise de identidade. Então patinhos, todos gostam e se identificam (eu acho!).

 

 

IMG_9748Quando decidi alugar esta casa com minha amiga, mal sabíamos que passaríamos por momentos de super empolgacão e alegria, mas também por muitas lágrimas. Tivemos muitos problemas com a casa no início, alguns inimagináveis! Por exemplo, bed bugs! Eu nem sabia que esse bicho existia. Serviu pelo menos para aumentar meu vocabulário, mas sinceramente poderia ter vivido sem esta! Lembro um dia, véspera de ano novo, 31/12, a seguinte cena: eu sentada no chão da sala desolada e aos prantos no telefone com minha mãe porque a casa estava tomada pelos bichos. Nada como ser calma e madura em momentos de crise, não? Mas eu conto essa história um outro dia. Esse assunto vale um post inteiro!

 

IMG_9771Passado o momento de profundo desespero, dor e pranto :) começamos a curtir nossa casinha! Como a casa é alugada, a decoração fica mais limitada, mas sempre há coisas simples que podemos fazer sem gastar muito dinheiro ou mudar a estrutura da casa pra dar a nossa cara ao nosso cantinho. Foi isso que fizemos. Decoramos nossa casa juntas com várias coisas simples e baratinhas, mas que amamos e nos identificamos bastante.

Bem, vou deixá-los com as fotos agora. Espero que gostem! E outro dia eu volto pra contar outras aventuras das dores e delícias de um flatshare!

 

 

Você também pode gostar de

5 Comentários

  • Responda Diego Fávero setembro 4, 2013 at 12:50 pm

    Muito legal sua decoração!! Parabéns!!
    =)

    • Responda Cíntia Ingrid setembro 6, 2013 at 6:28 am

      Obrigada Diego! Tudo meio de improviso mas acho que funcionou. :)

  • Responda Renato Achutti novembro 4, 2013 at 12:28 am

    Cintia,
    Muito legal seu flat !!!
    Passei uma temporada em Londres há algumas decadas atrás e acho uma cidade adorável, com certeza uma das melhores do mundo. Voltei algumas vezes depois disso, a ultima foi em 2007, e é incrivel a sensaçao de que a cidade tem ficado cada vez melhor, que há uma preocupaçao em melhorar a vida das pessoas, ao contrario do que se vê em muitos lugares, mesmo fora do Brasil, onde existe uma constante deterioraçao da qualidade de vida. Será que é somente uma impressao de quem está de passagem ou vc tb percebe isso ?
    Um abraço e boa sorte na sua jornada britanica !!!

  • Responda Cintia Ingrid novembro 11, 2013 at 3:51 pm

    Obrigada Renato!

    Acho que voce tem razao, aqui ha uma preocupacao constante em melhorar a qualidade de vida das pessoas, o que e realmente sensacional! Outro dia eu vi uma propaganda sobre um programa ligado ao governo voltado para familias de baixa renda na Inglaterra o qual tem o objetivo de ajuda-los a organizar a vida financeira familiar para que a familia possa viajar nas ferias! Para a gente que vem de uma pais com problemas sociais tao grandes, chega a ser ate dificil de acreditar, mas achei sensacional!

    Claro que nem tudo sao flores e ha muito o que melhorar no geral, sempre ha, mas eu considero a qualidade de vida aqui muito boa e provavelmente mais avancada que em muitos outros paises, eu acredito.

    Um abraco!

    PS. desculpa pela falta de acentuacao, nao consigo fazer o teclado funcionar! :)

  • Responda Celia setembro 19, 2014 at 11:28 am

    E viva a Ikea nessas horas ;)

  • Deixe uma resposta