mudar

Devemos morar juntos?

maio 22, 2016

Aí você está completamente apaixonada (o) e só quer ficar mais tempo ao lado do seu amor. Pensa seriamente no próximo passo, em morar juntos (as), por que não? Mas será que vocês estão realmente prontas (os) para essa nova etapa? Encontramos um post que vai te ajudar a refletir um pouco sobre o assunto.

***

Você querem viver juntas (os), vocês não têm que – Se você está se mudando por causa das finanças ou comodidade, pode estar cometendo um grande erro. Você deve se mudar porque quer voltar para casa e ver o rosto dessa pessoa, não porque quer um aluguel mais barato. Há uma infinidade de armadilhas que enfrentamos quando vivemos com alguém. A conveniência, no curto prazo, não se sustenta. Torna-se um incômodo e a prova de que, provavelmente, você se precipitou em sua decisão.

1822

Vocês vão conhecer o pior lado do outro – Frustração, estresse, tristeza ou raiva, já conviveu com o seu amor em situações onde esses sentimentos afloraram? Como você se sentiu? Em casa, nosso lado B aparece com mais facilidade, isso é totalmente normal. Mas pode ser bem decepcionante se formos pegos de surpresa ou não quisermos conviver com ele. Tá na dúvida? Continue namorando!

Meu dinheiro, nosso dinheiro – Não é muito romântico, mas viver juntos significa gerenciar as finanças do casal de uma forma madura. É saudável saber o que o seu parceiro (a) está fazendo com o salário, poupança e suas possíveis dívidas. E vice-versa. Conversem abertamente sobre suas contas. Elas não devem ser um tabu. Senão será problema na certa! E pouco romance também.

7459

Aceitação dos hábitos e manias – Os hábitos que você observou em sua (seu) parceiro (a) morando sozinho (a) serão os mesmos quando vocês morarem juntos (as). Se você não se sente confortável com eles, melhor não pensar em nenhum grande movimento. Podemos até mudar lentamente para nos acomodarmos mais aos nossos parceiros (as), mas essa transformação está longe de ser uma certeza. Melhor não contar com isso. Se você não convive bem com o tapete do banheiro revirado…

Tenham claras expectativas – Se você acha que está a um passo do altar e o seu parceiro (a) quer “ver como vai ser”, chame-o (a) para uma conversa sincera sobre o significado dessa mudança para cada um de vocês. Só então pense em entrar nos classificados!

projeto-20711

Olá, problemas! – A vida conjunta traz novos problemas. Esse é o verdadeiro teste de um relacionamento duradouro: como o casal lida com as dificuldades naturais da vida. Se você ainda não pensou sobre como lidar com dores de cabeça ou brigas, trabalhe essas habilidades antes de assinar o contrato de aluguel.

***

Pensou bem e quer seguir em frente? Temos um post que pode ajudar na nova fase: Vão morar juntos: decorem o apezinho sem brigas.

Pensou bem e prefere morar com amigos, temos outro texto que também vai te dar uma força: Quarto compartilhado: a paz é possível.

Boa sorte! :)

Nota do Apezinho: as imagens desse post são dos incríveis Super Limão.

 

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta