mudar

Casa nova, filhos próximos

junho 24, 2013

Homens que têm filhos e saíram de casamento(s) sabem que a escolha do lugar onde vão morar deve levar em conta as muitas variáveis que envolvem os rebentos. Da logística ao número de cômodos, passando pela decoração, nada é simples como escolhas que seriam feitas solitariamente. Se está passando pela situação, pode ser que os tópicos listados a seguir o ajudem:

– Ficar por perto e inspirar-se na decoração conhecida, para que os quartos lembrem ou pareçam com os originais, são soluções conservadoras, mas que não devem ser desprezadas.

– Se as crianças não são tão crianças assim, uma possibilidade interessante é envolvê-las na montagem dos ambientes, deixando a escolha de cores de paredes, de quadros e de móveis, por exemplo, para elas.

– Mesmo se não for um grande cozinheiro, comer em casa, preparando pratos junto com os filhos, mesmo os mais simples, é um hábito que merece ser cultivado.

– Aliás, sobretudo nos primeiros meses, ficar em casa mais tempo possível ajuda a tornar o ambiente um lar de verdade. Jogos – virtuais e físicos –, filmes, música, leitura, há muito entretenimento doméstico a aproveitar em conjunto.

Evidentemente, boa parte dessas decisões depende da verba que se tem para a nova vida. Mas, de qualquer maneira, com centenas ou dezenas de metros quadrados, estantes lascadas ou tinindo, equipamentos eletrônicos de ponta ou uma TV antiga, faz toda diferença mostrar que aquele espaço é de vocês e merece ser curtido e compartilhado. Em família.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta