manter

Xô, alergia!

junho 2, 2015

O tempo ficou mais friozinho e os primeiros espirros apareceram? Seu funga-funga é eterno e a situação não melhora? Pois você está no post certo! Encontramos um texto que vai te ajudar a identificar “fontes” de alergia dentro do seu quarto. A versão original é em inglês e está aqui.

Saúde! :)

***

Você acorda se sentindo mais cansado do que quando se deitou? Dor de cabeça, nariz entupido ou dor de garganta fazem parte de sua rotina matinal? É difícil se lembrar da última vez que você dormiu bem ou acordou sem sentir o corpo rígido e dolorido? Se você está balançando a cabeça para estas perguntas, é possível que o seu quarto esteja te deixando doente.

Seu travesseiro – Depois de um dia longo, você solta aquele suspiro de alívio quando a cabeça toca o travesseiro. Pois é, eles costumam ter quantidades excessivas de vilões como bactérias, mofo e ácaros, que causam sintomas alérgicos como dor de garganta, de cabeça e congestão nasal. Eles devem ser substituídos pelo menos uma vez por ano, se não forem laváveis. Use uma cobertura anti-alérgica para protegê-lo e troque a fronha constantemente.

Se o que você sente não tem a ver com alergia, mas as dores de cabeça, rigidez do pescoço e ombros doloridos incomodam, o seu travesseiro ainda pode ser o culpado. Ao longo do tempo, eles perdem a forma, deixando a sua cabeça desalinhada da coluna. Faça o teste: dobre e solte-o. Se ele não voltar à forma, talvez esteja na hora de pensar na sua substituição.

Plantas – Embora elas sejam lindas e ajudem na purificação do ar, regar as plantas, em quantidades excessivas, pode causar a podridão da raiz. O resultado? O solo vira o lar de esporos de fungos, que podem desencadear sintomas alérgicos em pessoas suscetíveis à asma ou alergias respiratórias.

A solução é simples: só regue quando a parte superior do solo estiver seca e não as deixe mergulhadas na água.

Animais de estimação – Eles são “familiares” queridos, mas quando se trata de dormir, melhor deixá-los em suas próprias caminhas, não na sua! Além de perturbar seu sono, a sua pele é cheia de elementos que causam alergia como pelos, poeira, pólen, esporos de mofo e bactérias. Dê a seus amigos de quatro patas um cantinho próprio e todos dormirão muito melhor!

Small-Bedroom-Ideas-003-1-Kindesign

 

Velas – Elas são românticas e dão um toque especial na decoração do seu quarto, mas ao queimar velas perfumadas com frequência, você corre o risco sofrer efeitos colaterais menos sexy. A parafina perfumada pode liberar substâncias químicas nocivas, tais como benzeno e tolueno e a essência pode irritar os mais sensíveis. Você pode minimizar o risco optando por velas feitas com cera de abelha. Fique longe das que possuem partes em metal e mantenha a janela aberta quando acendê-las.

Aspirador de pó – Apesar de serem ajudantes importantes, se você estiver usando um aparelho sem filtros do tipo HEPA, a sujeira fina como poeira ou pólen vai circular pelo ambiente. Ou seja, as partículas só mudarão de lugar.

Produtos de limpeza – Você quer seu quarto limpo e brilhante, mas isso não pode significar irritação nos olhos, problemas respiratórios ou dores de cabeça, não é? Use produtos de limpeza naturais, que estão livres de substâncias químicas nocivas ou melhor ainda, use soluções de limpeza simples e eficazes como o vinagre ou bicarbonato de sódio.

Small-Bedroom-Ideas-10-1-Kindesign

 

Umidificador de ar –  Não se esqueça de trocar a água diariamente e limpe a aparelho regularmente.

Janelas –  Se a janela do seu quarto vive fechada, você está convivendo com uma ampla gama de poluentes, incluindo poeira, pólen, pelos, resíduos de produtos de limpeza, sujeira dos tapetes, móveis, tintas, produtos químicos de higiene pessoal, uau, muita coisa! A Agência de Proteção Ambiental (agência americana) afirma que o ar interior pode ser de duas a cinco vezes mais poluído do que o ar livre! Mais algum motivo para abrir as janelas do quarto e deixar o ar fresco circular?

Seu Colchão – Você gasta um terço da sua vida no seu colchão. Ele carrega pedacinhos de pele, fluidos corporais, ácaros, bactérias, poeira e sujeira! Ele precisa de limpeza regular assim como o resto do seu quarto. Você também vai se beneficiar por proteger o colchão com uma capa protetora impermeável. Peças com mais de cinco anos tendem a desenvolver depressões e achatamento por conta do peso do corpo. Se acordar com dor nas costas começou a parecer normal, é hora de começar a considerar um novo colchão.

Seu tapete – Nada melhor para se andar descalço! Mas ele é um acumulador de coisinhas ruins! Poeira, pólen, pelos de animais, sujeira dos sapatos e dos pés, uma casa de pulgas, socorro! Aspire-o semanalmente e lave-o caprichadamente a cada poucos meses. Se as alergias ou asma forem um problema constante, melhor descartar seu tapete. Piso de madeira ou laminado são soluções mais adequadas com manutenção muito mais fácil.

Small-Bedroom-Ideas-27-1-Kindesign

 

Nota do Apezinho: temos um post sobre faxina, dá uma olhada! As imagens desse post foram encontradas aqui.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta