manter

Paz e amor

setembro 14, 2014

A Barbara escreveu um post sobre dividir ou não dividir um apezinho com amigos: “Com os preços astronômicos do mercado imobiliário no Brasil (e mais especificamente no Rio de Janeiro), muita gente nem pode se dar ao luxo de considerar morar sozinho. Aí a questão não é dividir ou não o apartamento, mas como fazer com que a convivência seja a melhor possível.”

O Dyego tem um site de busca e anúncio de quartos e apartamentos para dividir, o WebQuarto.  Além do site, ele tem um blog com dicas bem legais sobre como dividir seu espaço com outras pessoas e manter a paz!

1555567_716163451765912_6792479073394559592_nSeja claro desde o início

Para construir uma convivência agradável com seu novo roommate, pode fazer bem ter uma conversa assim que ele se mudar. Tente conhecê-lo melhor, bem como fazer com que ele saiba um pouco mais sobre você, seu estilo de vida, as coisas que você não gostaria que ele fizesse etc. Isso pode ajudá-los a eliminar alguns problemas antes que eles se tornem problemas na relação de vocês. Saiba que se você não deixar claro para seu companheiro de moradia as coisas que você não gosta que aconteçam em casa, provavelmente elas acontecerão algumas vezes antes que seu roommate descubra.

Respeite os pertences do seu roommate

Assim como você espera que suas coisas sejam respeitadas, é importante que você respeite o que pertencer ao seu roommate. Esse é sem dúvida um dos maiores motivos de conflitos entre roommates. Portanto, marque as coisas que forem suas e que você não gostaria que ele pegasse, mas também evite de usar os pertences que seu roommate não te deu a devida permissão.

10429297_720608907988033_2364885985636304426_n

 

Seja aberto e amigável

Principalmente para roommates de primeira viagem, pode ser bastante tenso começar a viver com um desconhecido. Portanto, quebre o gelo e seja amigável com seu roommate. Nem sempre vocês se tornarão melhores amigos, mas podem facilitar a convivência consideravelmente se fizerem questão de se comunicar sempre. Esse tipo de atitude pode ajudar ambos em algum conflito futuro, que poderá ser resolvido à base do diálogo.

10408910_720606361321621_4360511376722465024_nTrate seus roommates como você gostaria de ser tratado

Provavelmente você não gostaria de viver com alguém que ande sempre de cara amarrada, trancado em seu quarto, sem possibilidades de interação. Portanto, tente evitar esse tipo de atitude. Por mais que a convivência terminará em alguns meses, você pode ficar com a consciência tranquila sabendo que conviveu bem com uma pessoa desconhecida, e que pôde aprender com essa relação.

Não seja tão possessivo

Ainda que seja importante saber respeitar os pertences dos seus roommates, esse tipo de vida requer uma mudança no comportamento quanto as suas coisas. Cedo ou tarde você irá precisar compartilhar algo com seus roommates, por isso prepare-se para tal. Saiba separar aquilo que pode e aquilo que você não quer mesmo que alguém mais use, para evitar brigas e discussões.

Nota do Apezinho: as imagens são da Dormify.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta