manter

Eu reciclo

novembro 19, 2013

A reciclagem ainda é nova e pouco praticada no Brasil, mas temos falado muito sobre o assunto no Apezinho, principalmente nos posts da Bel Kloske. Os benefícios são inúmeros! Economia de energia, preservação dos recursos naturais, diminuição da quantidade de lixo a ser aterrado, aumento da consciência ambiental da sociedade e por aí vai! O assunto exige seriedade, disciplina e vontade de fazer.

lixeiras

Foto do Construtop. Conheça a explicação para as cores das lixeiras.

O que pode ser reciclado?

Com relação aos papéis, são recicláveis jornais, revistas, cartões, envelopes, folhas de caderno, papéis de computador, embalagens de ovo, papelão e caixas.

Já fotografias, papéis metalizados, plastificados, carbonados, papéis de fax, papéis com cola como as fitas adesivas têm limitações no processo de reciclagem. Os sujos como guardanapos ou papéis higiênicos devem ir para os aterros sanitários junto com o lixo orgânico.

Com relação aos plásticos, são recicláveis garrafas de refrigerante, copinhos e saquinhos plásticos, frascos de shampoo e detergente, embalagens de margarina e material de limpeza, canos, brinquedos sem partes metálicas e tubos. Cabos de panela, tomadas e produtos de acrílico em geral não têm processo para reciclagem. 

Entre os metais, são recicláveis latinhas de aço (como as de óleo de cozinha), latinhas de alumínio, panelas, pregos, fios, arames, sucatas de automóveis. Há limitações no caso de clips, grampos, esponjas de aço, latas de tinta ou com materiais tóxicos como querosene. 

Quanto aos vidros, as garrafas, copos, potes, frascos e cacos vão para o lixo reciclável. Já espelhos, fibras de vidro, lâmina, porcelana, cerâmica, tubos de TVvidro temperado (como os pratos duralex) e ampolas de remédio não podem ser reciclados..

Há também outros materiais que não são recicláveis como os tocos de cigarros ou o isopor. Já as caixas tetrapack ou longa vida podem ser jogadas nos cestos para reciclagem de papel, apesar de ter um processo separado

644272_650199258335754_731688871_nSe animou? Então mãos à obra!

Veja se no seu município a prefeitura oferece coleta seletiva como no Rio ou São Paulo.

Ao combinar com uma ONG ou cooperativa é importante que se estabeleça a periodicidade da retirada do lixo. Dependendo do tamanho do condomínio – e das dimensões do local que guarda o material – o usual é uma ou duas vezes por semana. Foto do Eu Reciclo.

Prefira quem possa retirar todos os tipos de reciclado. 

Opte por trabalhar com uma cooperativa que apresente CNPJ. Peça indicações para a sua administradora.

Achei um Guia de Como Implantar Coleta Seletiva, dá uma olhada!

1455919_540841125990767_1741533053_nMais links legais!

Você sabe separar seu lixo para reciclagem?

Coleta seletiva em condomínios

Como e porque separar o lixo

Coleta Solidária

Como descartar lixo eletrônico

Pontos de descarte de óleo e Pontos de descarte de lâmpada

Tudo sobre reciclagem de plástico

 Selo do Give a Shit about Nature.

Você também pode gostar de

1 comentário

  • Responda joão batista farias dezembro 22, 2013 at 9:58 pm

    boa noite e mais um trabalho com seriedade e resposabilidade da volvo
    fiquei muito satisfeito em ser tratado por volvista fazer desta grande não e atoa
    que a maior empresa do mundo eu tenho recebido e asistido seus vidios de teste de educação no transito nas estradas e uma eterna preocupação para
    uma boa qualidade de vida!!!

  • Deixe uma resposta