manter

Acho que eu vi um gatinho…

setembro 5, 2014

Bichinhos de estimação enchem a casa de alegria. Há quem goste de cães, gatos, pássaros, peixes ou de todos eles. Adoro cães e gatos! Passarinhos, gosto de ver voando por aí, são visitantes queridos. Ultimamente minha tela tem sido inundada por imagens de gatinhos e idéias criativas para cuidar deles. Gostei tanto que resolvi agrupá-las e compartilhá-las.

1Os gatos domésticos são uma adaptação evolutiva dos gatos selvagens e sua relação com o homem data de cerca de 9.500 anos atrás. Imagem daqui.

 

 

 

Que tal começarmos com fotos sobre o tema em preto e branco? Edouard Boubat, partition, Paris 1982. Brassai, le chat blanc, c.1935. Robert Doisneau, Paris, chats sur les toits. Foram encontradas aqui.

PicMonkey Collage

As imagens abaixo vieram do perfil de Kovács Jocó no facebook:

dupla

Agora vamos às idéias!

A primeira ensina a montar um arranhador com caixas de papelão, reaproveitando o material para um novo uso.

Material: tampa da caixa de sapato, Tiras de papelão cortadas no tamanho da sua tampa, Cola (não tóxica), Régua ou fita métrica, Estilete

Modo de fazer: O vídeo demonstra todas as etapas. O post original em inglês está aqui e uma das menções que eu vi foi no e-Cycle.

d875cf643e710d53a9a7c86801662e5fA segunda explica como fazer uma toca também com caixa de papelão. Super fácil e rápido! Reaproveitamento do papelão e de tecidos!

Material: caixa de papelão relativamente grande (que dê para o seu gato entrar), almofada ou cobertor, toalha, lençol dobrado, Camiseta usada e Grampeador ou agulha e linha.

Modo de fazer: é só seguir o vídeo da Nubia Rosana Modelista  divulgado no facebook.

E, a terceira é sobre alimentação natural.

Alimentação natural não significa oferecer restos da comida caseira para os animais. As comidinhas precisam ser preparadas especialmente para eles, pensando nos nutrientes necessários ao seu bem-estar. O site Cachorro Verde apresenta uma série de dietas (crua, com ossos, cozida) e como prepará-las para cães  e gatos.

Adorei as sugestões de alimentação natural cozida para gatos. O material é bem completo: apresenta opções,  informa os complementos necessários e ensina a congelar a comida por até 30 dias. Embora trabalhosa, essa é uma forma de tornar a alimentação dos nossos queridos mais saudável.

Aqui há uma notícia interessante sobre o tema, com a opinião de uma veterinária e da dona de gatinhos que acha a alimentação natural mais vantajosa inclusive do ponto de vista financeiro. No site Tendências Naturebas Pets encontramos um guia de transição alimentar de gatosAqui foi publicada uma lista dos 10 alimentos que os gatos não devem comer. É bom lembrar que qualquer mudança na alimentação deve ser discutida com o veterinário.

8

Este post foi inspirado na princesinha da família: uma gatinha linda, adotada ainda filhote, cercada de muito amor e carinho. Foto: Bel Kloske

Antes de adotar um bichinho, é bom se informar a respeito e avaliar se realmente há disponbilidade (financeira, de tempo etc) para encarar esse compromisso de guarda responsável. Nesse link encontra-se um guia da Sociedade Mundial de Proteção Animal para ajudar a refletir sobre a adoção de animais e seus cuidados.

Os custos regulares de um gatinho concentram-se na alimentação (aqui dá para ter uma idéia dos preços e variedades de ração), saúde (veterinário e eventuais medicamentos) e higiene. Os brinquedos não são caros. Eles adoram caixas de papelão de tamanhos variados. Vídeo do gatinho que abre portas.

Alguns blogs sobre bichinhos de estimação: Mãe de Cachorro também é Mãe para mães e pais de gatos e cachorros ficarem bem informados. Amor e Miados com tudo sobre gatos e Meu gato não come ração sobre alimentação natural.

9Para os fãs de desenhos animados, esse site listou os gatos personagens, dentre eles o Mingau – gato da Magali, que aparece abaixo. A Josy também falou sobre esse assunto no post sobre quanto custa ter um cachorro.

 

 

Nota do Apezinho: Não ganhamos nada com publicidade. As marcas e sites aqui mencionados são os que conhecemos ou pesquisamos.

Você também pode gostar de

5 Comentários

  • Responda Alessandra Santos setembro 6, 2014 at 5:05 pm

    Bel, como sempre super educativo. Simples e objetivo. Adorei!!!!

  • Responda Bertila Lucas setembro 16, 2014 at 3:15 pm

    Não tenho gatinhos,acham eles fofinhos.Tenho só cachorras que são uns amores.

  • Responda Vera Dettenborn da Silva setembro 17, 2014 at 9:27 pm

    Não tenho gatinho, mas amei este gato, lindo, maravilhoso.

  • Responda Tania Gabriela setembro 24, 2014 at 2:00 pm

    Eu amo gatos!! Já tive 15 rs…
    é sério!!

    Tudo que os lembra sou fã!

  • Responda Meu cachorro come fezes agosto 29, 2016 at 10:34 pm

    Acho que as pessoas dificultam e criam um pouco de obstáculos. Mesmo que ter um bichinho exija alguns sacrifícios, não é nada do outro mundo. Adotar um vira-latas é de graça. Há ONGs que vacinam com preços bem razoáveis, e até castram de graça. Há hospitais veterinários que atendem de graça. Há sociedades protetoras espalhadas por todo o país. Se você gosta de bichinhos, mas tem medo de ir à falência com isso, é melhor realmente não ter. É a mesma coisa de casais que se preparam a vida toda para ter filhos, até que um dia acabam não tendo. Não é um bicho de sete cabeças, não é o fim do mundo. Ração, higiene, vacinas. Só isso.

  • Deixe uma resposta