decorar

Que diferença!

março 25, 2014

Encontramos esse post no houzz e o achamos bem útil, pois lista truques profissionais de decoração. Por mais que sejamos criativos e jeitosos, faz uma diferença danada ouvir quem estudou arquitetura, design, artes e decoração! Eles sabem o que funciona e muda um ambiente!

Nós selecionamos (e traduzimos livremente!) as partes que mais nos chamaram a atenção. Aqui você lê o post original! Aproveite!

“Os designers não seguem um livro de regras secretas. Não existem leis rígidas que regem o que fazemos. Somos criativos por natureza e gostamos de imaginar, sonhar e explorar seguindo nossa intuição. Dito isto, existem alguns princípios que nos guiam para garantir bons resultados em nosso trabalho. Não são truques e habilidades que levam anos para dominar. Qualquer um pode transformá-los na base de sua própria intuição.

9537199596acbf16981584a91d3157bfEscolha a cor das paredes depois que decidir a composição da sua decoração – Recebo telefonemas o tempo todo de proprietários que querem escolher a cor da tinta antes de se mudar .Na minha opinião não é ideal. Existem milhares de cores de tinta com vários matizes. E cada um tem uma aparência diferente de casa para casa, porque as fontes de luz variam, ou seja, o que fica bem em sua casa atual pode ficar ruim na nova moradia. Preste atenção no todo e depois decida!

Dê espaço para a sua mobilia – .Não superlote a sua sala. Vida agradável significa espaço! Esta é realmente uma grande notícia se você estiver trabalhando com um orçamento apertado. Gaste-o com menos peças, mas de melhor qualidade .Seus móveis não precisam lutar por atenção.

Pendure seus quadros na altura certa – Galerias e museus colocam suas obras de arte de uma forma que a linha média (centro) de cada peça fique de 57 a 60 polegadas do chão (cerca de 1,5 metro). Salas com pé direito alto nos tentam a aumentar a altura do prego. Mas lembre-se, a obra precisa se ​​relacionar com escala humana, não com a escala da estrutura do ambiente. Se você não tiver certeza, tire uma foto. É impressionante o quanto ela pode nos ajudar! .

cf68315d24134b14ab8da072569b9c8bSaiba como organizar móveis em um tapete – Existem basicamente três maneiras de organizar móveis em seu tapete.

Tudo sobre: O tapete é grande o suficiente para colocar todos os pés dos móveis em cima dele. Isso cria uma sensação mais luxuosa. Por isso, quanto maior, melhor . Só não se esqueça de deixar pelo menos 12 a 18 centímetros de superfície do piso em todos os quatro lados das fronteiras do tapete.

Tudo fora: Se você tem uma pequena sala, mantendo todas as pernas para fora do tapete é uma escolha excelente custo-benefício. O tapete deve aparecer como se ele pudesse tocar as pernas da frente de cada uma das peças de assentos.

Pés da frente: Coloque apenas os pés da frente de todas as suas peças de assentos no tapete para amarrar o arranjo visual e criar um espaço bem definido.

Resista à tentação de exagerar em um tema – Por exemplo, temas náuticos. Fuja do óbvio, coloque apenas alguns detalhes, pois assim você consegue dar a sua identidade ao espaço e ainda “homenagear” o que você gosta! 

08aa06f3f6a1918a41c735b66702fb62Crie um ponto focal – Há papéis principais e coadjuvantes em qualquer produção. O mesmo acontece em design. Escolha a sua estrela e a torne o ponto focal para ancorar um quarto. Assim você evita “ruídos” no ambiente. 

Considere as linhas de visão – O melhor local para um ponto focal é geralmente em frente à entrada da sala. Ele atrai o espectador para dentro do ambiente porque a linha de visão é clara.

Varie a escala (se fizer sentido em seu ambiente)  Tome cuidado pra que as peças não se transformem em elefantes que tomam conta de tudo ou insignificantes em um cantinho que ninguém nota! Arranjos que variam na escala e proporção podem causar um bom efeito. Três e cinco objetos ficam mais harmoniosos do que números pares.

“Repense” seus objetos de estimação – Mesmo que a peça seja um presente da sua tia-avó só a pendure se fizer sentido! Talvez ela fique mais feliz em outro ambiente ou na casa de um novo dono!

Adicione “camadas” de iluminação –  Profissionais constroem camadas de iluminação para criar interesse no ambiente. Em uma sala onde tudo é iluminado de maneira uniforme, nada se destaca. Escolha um ponto focal e, talvez, um ponto focal secundário e  os destaque.

b6696f300f069e9913b702c208a52daeSeja ousado! – Personalidade é o que torna um espaço único. Divirta-se! Quanto mais você tentar, mais vai descobrir o que funciona e o que não funciona. Incorpore elementos inesperados e crie um resultado cheio de carisma! Ambientes excessivamente projetados não nos dão essa sensação. Seu canto tem que ser confortável e, acima de tudo, te fazer feliz.

 

 

 

 Nota do Apezinho: as imagens do post foram encontradas no Pinterest.  A foto do banco vermelho com as almofadas floridas é da Biba.

Você curte os posts do Apezinho? Então segue a gente no FaceInstagram e Twitter! Será uma alegria ter a sua companhia também por lá!

Você também pode gostar de

2 Comentários

  • RespondaDiego Carzamarço 28, 2014 at 5:32 pm

    Show! Dicas bacanas, hora de rever o que está la em casa. Adorei ler isso: “Não superlote a sua sala. Vida agradável significa espaço” #mantra

    • Daniela Pereira
      RespondaDaniela Pereiramarço 28, 2014 at 8:20 pm

      Bom, né, Dieguito? Eu adorei a dica do tapete! E o quadro da tia-avó! Beijos!

    Deixe uma resposta