contar

Macacada reunida

novembro 28, 2017

A Renata é amiga e leitora do Apezinho e nos procurou pra contar as aventuras dos macaquitos em seu novo canto no Rio de Janeiro. Delícia de post, divirta-se!

***

Quando você procura um apê, você pensa em mil coisas. É sol da tarde? Entra luz natural? Tem bicicletário? Piso de madeira? Já tem armário embutido? Não é? A gente pensou nisso tudo.

Há exatos 7 meses atrás, eu e meu lovinho nos mudamos pro nosso delicioso refúgio no mato – nosso apartamento no Jardim Botânico, no Rio. Janelas grandonas, entra muita luz, piso de madeira do jeitinho que eu queria, não tinha armário nos quartos, mas tinha na cozinha. Tinha bicicletário, amém! Vista pro verde, super fresquinho, uma maravilha!

Corta

Primeira semana no apê. Que delícia acordar ao lado de quem a gente ama! Que fase legal essa nossa nova fase! Dou aquela espreguiçada boa e levanto pra fazer xixi. Úúú… Úúú… que barulho é esse? Ando até a cozinha e me deparo com a seguinte cena:

Um macaco em cima do meu fogão e outro em cima da geladeira.

Sim, tinham dois macacos na minha cozinha e eu não sabia o que fazer. Comecei a gritar e eles me olhavam com uma cara de “Minha filha, sossega, pega aí uma comidinha pra gente vai…”. Eles são tão humanos, credo, que nervoso! Eram macacos-prego. São grandinhos, eu sou maior, pensei, mas numa briga, saio prejudicada eu acho, acho não, tenho certeza – Amor amor amor! Corre aqui tem dois macacos na cozinha!

Eis que vem meu namorado gorilão, braços pra cima, correndo igual um maluco em direção aos macacos que entenderam o recado e saíram fugidos pela janela. Ufa! Que susto.

A adrenalina baixou e caímos na gargalhada. Mano do céu, nosso apê foi invadido por macacos! A gente mora na floresta mesmo, não é só uma sensação.

Claro que depois dessa primeira invasão, ainda sofremos algumas outras. Fomos desenvolvendo técnicas. Trancas foram instaladas no basculhante da cozinha. Janelas fechadas ao sair de casa. Bananas dixavadas. Mas às vezes aparece um danado por lá. Já nos acostumamos agora. Pra ser bem sincera, quando eles não vêm, bate até uma saudade. <3

Nota do Apezinho: curtiram o post da Renata? Nós também! Temos vários amigos que nos contam histórias semelhantes e sempre rimos bastante. Macacada no apezinho dos outros é refresco! :)

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta