contar

Afeto como ingrediente

abril 13, 2014

O Guilherme é da cozinha. Adotou Poulain como sobrenome. É amigo do querido Rodrigo. E colaborou para o Casa Aberta descrevendo sua Casa Imaginária. Ao ler seu texto me encantei de imediato e o convidei para conversar com os moradores do Apezinho. Ele aceitou e nos ajudou a escrever um post doce e temperado com a palavra que mais gosto na vida: AFETO! <3 

Você nasceu entre as panelas? Quando se descobriu cozinheiro? Não exatamente… Meus pais nunca foram de cozinhar, lá em casa sempre teve muita comida feita por outras pessoas, delivery, coisas prontas. Mas minha avó materna cozinhava muito bem, e como ela morava no apartamento logo abaixo do meu, eu ia bastante lá e adorava vê-la fazer muitas quitandas pra família inteira. Comecei a cozinhar a partir daí, aprendendo com ela, mais na minha adolescência.

menuQuando você criou o Moldando Afeto, em 2011, o que você esperava do projeto? E hoje, o que você conquistou com ele? Na época eu havia acabado de me formar em gastronomia, e eu fazia massas frescas pra vender em BH. Eu queria achar uma forma de divulgar isso, e resolvi fazer o blog pra poder dar muitas receitas de molhos e algumas outras também. Eu não esperava muito, mas, um ano depois, quando me mudei pra Paris para estudar confeitaria vi que não poderia o interromper, pois já havia criado vínculos com quem me lia, e ao mesmo tempo comecei a seção mais querida do blog, as Cartas Amarelas, na época pra contar um pouco dos meus dias no velho mundo. Conquistei muitas alegrias, algumas parcerias bacanas, conheci muita gente e ganhei vários clientes pros bolos que faço.

Ao navegar pelo blog encontramos muita música, quais artistas têm cantado na sua cozinha? Constantina (uma banda de BH linda, linda), Sky Ferreira, Beyoncé, Nouvelle Vague, Pete Yorn e Scarlett Johansson, Arcade Fire, Cat Stevens, João Gilberto…

Como o Chef se juntou à Chata? Como vocês escolhem as receitas e planejam os vídeos? Somos amigos há alguns anos. No ano passado ela me pediu que eu desse algumas aulas pra que ela pudesse fazer videos de receitas no blog dela. Sugeri que fizéssemos juntos e daí nasceu o projeto O Chef e a Chata! São 5 receitas doces e 5 salgadas por temporada, intercaladas. A gente pensa por alto coisas que a gente gostaria de cozinhar e eu desenvolvo as receitas. Os videos em si não tem grande planejamento, gostamos que tudo seja muito espontâneo, divertido. Mas tomamos o cuidado pra que tudo seja bem feito, bem explicado, gostoso de se ver.

carta73O Apezinho foi criado pra quem quer voar. E pra voar é necessária muita coragem! Você ofereceria uma Carta Amarela para os nossos leitores amigos? Tenho uma carta amarela extremamente pessoal, que fala sobre a coragem que adquiri pra viver no mundo, ela está aqui.

 

 

 Você pode selecionar 10 receitas pra quem ainda tem pouca intimidade com a cozinha? Os 10 episódios de O Chef e a Chata! O objetivo da primeira temporada era justamente ensinar a Lu a cozinhar, desde ensinar a escolher uma boa faca, como cortar legumes, como fazer ovos. As receitas são simples, cheias de dicas práticas e vão aumentando um pouquinho de dificuldade com o passar dos episódios. Eles ajudam a formar uma base na cozinha, sempre com receitas bem gostosas.

bolo_gordo_chocolate_01Bolo é afeto sólido? Qual você faria pra receber a sua família no apezinho novo? É sim! Eu faria um bolo gordo de chocolate!

 

 

 

  

Vem livro por aí? Vem sim. Ele se chama Cartas Amarelas e conta meu ano que morei em Paris, junto a muitas receitas e muitas ilustrações minhas também. Logo, logo ele sai.

Fala um pouquinho sobre a sua casa imaginária idealizada para o Casa Aberta? É uma mistura de casa de vó, da casa dos meus pais e dos meus prazeres na vida. É uma casa com história, com manchas, pedaços de vida e alegrias. Eu a chamo de coração.

Apezinho dos sonhos é aquele que… tenha vida dentro dele. plantas, parentes, amigos e coisas que me lembrem de uma vida bem vivida.

biscoito

Nota do Apezinho: Curtiu? Você pode seguir o Gui e o Moldando Afeto no Facebook e Instagram. :)

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta