comer

Vai cozinhar?

abril 20, 2015

Independente do grau de intimidade que você tem com as panelas, os erros fazem parte do ato de cozinhar (tudo bem que tem gente como eu que erra muito mais do que acerta!). Esse post do The Kitchn lista as mancadas mais comuns e ensina como resolvê-las antes de jogar tudo fora! As imagens bonitas são do amigo Rodrigo Ladeira, do Casa Aberta, que criou o Projeto Nigelling, onde ele prepara 190 pratos da musa Nigella Lawson. Que destemido!!

Olha o que ele contou pra gente: “Acho que todo mundo tem aquele medo na hora da cozinha. Para mim a coisa mais difícil é bolo. Todos os meus, de alguma maneira, ficam murchos. Já li todas as dicas de como não deixá-lo murchar. Com o tempo descobri que o ovo não podia tá gelado. E não pode ficar espetando-o a cada dois segundos, hahaha! A parte preferida é quando reúno os amigos e todo mundo vai dando pitaco em como deve ser a foto do prato!” :)

Na imagem grande temos três pratos feitos pelo Rodrigo: Fajitas de frango, Camarões Japoneses e Espaguete das vadias. No destaque acima: Bolo inglês de chocolate com laranja. Hum!!

Agora é com você! Boa leitura!

***

10351105_10204925950807442_7022948089629281779_n

Nessa foto: costelas de cordeiro gregas com limão-siciliano e batatas + Salada de ovos e bacon. 

Não ler a receita inteira antes de começar a cozinhar – Você está numa animação só. Lê as orientações rapidamente e parte pro ataque. Acalme-se! Algumas receitas não estão escritas na ordem correta e não há nada pior do que perceber no meio do caminho que estão faltando alguns ingredientes.

Siga esta dica: Antes de fazer qualquer coisa, leia a receita. Antes e durante a confecção do prato. Você terá a chance de se certificar se tem todos os ingredientes e equipamentos necessários. Parece óbvio, mas tem um montão de gente que se perde na largada!

Usar a tábua de corte do tamanho errado – As tábuas de corte menores são bem bonitas, mas nem sempre úteis. Para preparar um acabamento, tudo bem. Para desossar um frango assado não funciona. Pior, pode não ser segura.

Siga esta dica: Você precisa de espaço para trabalhar. Certifique-se que sua tábua é grande e segura o suficiente para as suas receitas. Esse link nos salva!

Usar a faca errada – Você pode amar trabalhar com a sua faca, mas ela pode não ser ideal para todas as etapas do seu prato. Desapegue quando for necessário!  

Siga esta dica: Use a faca com a função correta para o trabalho. Ela varia muito! Achamos um link que nos ajuda a conhecer todos os tipos, dá uma olhada.

Deixar tudo uma bagunça! – A desorganização atrasa o processo e coloca você em maior risco de contaminação.

Siga esta dica: Manter sua área de trabalho limpa e organizada é uma regra muito importante. Você economiza seu tempo e aproveita muito mais o resultado do que fizer. Mantenha uma lixeirinha por perto para ajudar.

Adicionar os ingredientes em uma panela fria – Na maioria dos casos é melhor aquecer a panela e, em seguida, adicionar o óleo e os alimentos. Comida nunca deve tocar uma panela fria! Os ingredientes acabam absorvendo o óleo ou manteiga e podem grudar na panela.

Siga esta dica: Certifique-se de que a panela e o óleo estão prontos pra receber os ingredientes. Como saber se o óleo está pronto pra fritar? Aqui!

10850141_10204777503216345_2703580115504370242_n

Na foto: torta de chocolate e limão.

Usar a carne direto da geladeira – Não importa se você está cozinhando carne de boi, porco, frango ou peixe, ela nunca deve ir direto da geladeira para um forno quente ou grill. O resultado será um pedaço cozido por fora e mal cozida, ou mesmo crua, no centro.

Siga esta dica: Tire a carne ou peixe da geladeira e deixe-os descansar em temperatura ambiente por cerca de 15-20 minutos. Dessa forma seu cozimento será mais uniforme.

Não temperar o alimento enquanto você o cozinha – Esquecer do tempero vai deixar o prato sem gosto, sem graça, e desequilibrado, um enorme “desserviço” à refeição.

Siga esta dica: Para que o tempero ressalte os sabores naturais de todos os ingredientes, ele precisa ser usado cedo e não no final do processo. Delícia!

Superlotar a panela – Quando você coloca muitos alimentos na panela, não só a temperatura abaixa como a mistura resulta em mais umidade. O resultado pode ser um cozimento desigual.

Siga esta dica: Use a panela do tamanho adequado para a quantidade de alimento que você está cozinhando. Se for carne, certifique-se de que as peças têm espaço entre si. Se necessário, trabalhe em lotes.

Não degustar os alimentos – Cozinhar sem provar é como escrever um livro sem revisão. O resultado pode ser desastroso. Sem sabor e sem tempero.

Siga esta dica: Não tenha medo de provar de novo e de novo e de novo.

Não descansar a carne depois que ela for cozida – Você está com fome e ansioso para comer. Comer a peça de carne recém saída do forno ou panela é um erro grave.

Siga esta dica: Deixe a carne descansar em temperatura ambiente por pelo menos cinco minutos (cerca de 20 minutos para um frango inteiro). Sua paciência será recompensada com um suculento e delicioso corte. Está com medo dela esfriar? Embale-a em papel alumínio.

10425488_10204933100706185_798644621814009522_n

Na foto: Pão de banana com cereja e coco.

Nota do Apezinho: Curtiu? Temos outros posts que você vai gostar: Uma cozinha para chamar de sua, Cozinhando pra você, Como comprar carne, Sem sal, com tempero e Alimentos congelados.

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta