comer

Meu primeiro feijão

novembro 3, 2014

Gosto de me arriscar na cozinha, não sou nenhum chefe, mas de um prato ou outro posso me orgulhar. Frango na cerveja preta, camarão frito, churrasco, massas à moda…

Agora, feijão, feijão eu ainda não havia feito, apesar de ser fã. Sempre achei que era prato para muita gente, olhava meio de soslaio para as panelas de pressão tradicionais, conhecia histórias de acidentes, enfim, por incrível que pareça para mim era comida de restaurante.

Image-3Incentivado pelas moças do Apezinho, resolvi testar uma panela elétrica de pressão e fazer o primeiro feijão de minha vida, aos 48 anos. Não é que é uma moleza? Basta seguir as instruções, misturar os temperos a seu critério, mas com o feijão e a água nas doses indicadas, e mulatos, negros e brancos ficam no ponto.

 

 

Falei “doses indicadas”, mas regule o tempo para cinco minutos a mais do que o recomendado pelo fabricante, pelo menos no caso da Electrolux – em vez de 45 minutos, 50.

Vale a pena também deixar o feijão no aquecimento por mais dez minutos, antes de retirá-lo da panela. Se aceitam uma sugestão, evitem alho, peguem leve na cebola e prefiram ervas, bastantes, o grão fica mais leve e mantém seu gosto original.

F4256A91-C9FD-217D-B0C4-189CDADC1B7A

Por fim, na panela elétrica, não usem sal, pois altera o tempo de cozimento. Deixem para colocar depois de pronto. No mais, podem chamar sem medo a moçada para comer um feijãozinho como só a sua avó faria.

Notas do Apezinho: Não fomos pagos para escrever esse post! Ganhamos a panela, que foi devidamente encaminhada para o Claudio fazer seu teste bem-sucedido! O Dario, do SOS Solteiros, também fez um review bem legal, dá uma olhada.

Gostou do pratinho branco? Você pode fazer o seu aqui.

Não sabe fazer feijão, olha quanta receita nesse link!

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta