NIRA BESSLER Colaboradores

Carioca em São Paulo. Vim para esta cidade aos 24 sem pensar muito. A ideia de mudar para uma cidade imensa e misteriosa era fascinante. Não que não gostasse do Rio – é a minha paixão. Foi minha alma torta e curiosa que me trouxe para cá. Achei que ficaria um ano. Estou há quase 10. Passei perrengues. Fiz muitas festas. Morei com colegas, amigas, sozinha, com irmão. E, agora, com o amor. Fui descobrindo os prazeres de ter e dividir um apezinho: cozinhar um pouco, cuidar um pouco, dar um toque para um canto, reconhecer o outro em outros cantos, receber pessoas queridas. Não que meu mundo seja minha casa. Mas tão bom quanto viajar é estar feliz por voltar.