buscar

Vamos tentar?

novembro 29, 2016

2016 está na reta final, 2017 quase chegando. Aí me pergunto se já solto o corpo e vou no embalo ou se ainda tem coisa pra concluir esse ano. Resposta rápida: tem coisa, sim senhora, ô se tem! Pois esse post é uma tradução livre de outro que me fez pensar sobre minha caminhada até 31/12. E me inspirou a escrever pra você. Vamos pensar juntas (os)? :)

***

Eu tomei um susto outro dia. O ano novo – sim, 2017 – está virando a esquina …, socorro! Hoje eu percebo que ainda tem um monte de coisa que eu quero – e preciso – realizar em 2016. E você? Quer dar uma olhada na minha lista e se juntar ao time?

Visitar meu médico/ dentista – Admito, sou péssima nesse tipo de acompanhamento. Mas, gente, nossa saúde – física, mental, sexual, oral ou de outra forma – é mais do que importante, é fundamental. Precisamos cuidar de nós mesmos (as). E uns aos outros. Faça um check-up. Convença seus amigos a fazerem também. Vamos nos cuidar em nome do amor. <3

Uma boa faxina no seu espaço – Ninguém quer fazer isso, né? Mas quando penso em como será maravilhoso acordar no dia 1 de janeiro e me dar conta do quão organizado e limpo está o meu canto, fico muito feliz! Zero teia de aranha, poeira, roupa espalhada, lixo acumulado… Apenas um começo de 2017 limpo.

Desapegue – Doe itens não usados para instituições de caridade ou brechós ou bazares. Depois da faxina acima vai aparecer um monte de oportunidade! Assim você reduz o desperdício e ainda ajuda quem precisa.

untitled-design-2

Olhe alguém nos olhos e diga que você os ama – Sim, estou falando sério. Pode ser assustador e te deixar vulnerável emocionalmente, mas dizer isso com sinceridade e intenção para o/a seu/sua parceiro (a), pai, irmã, irmão, quem quer que você ame, é uma das maiores e melhores coisas que você pode fazer. Sempre. Então não espere nem mais um dia!

Escreva uma carta honesta para si mesmo (a) –  Lembre-se de como foi o ano. Seja honesto (a), gentil e, acima de tudo, fique orgulhoso (a) de si mesmo (a). Todos nós sofremos contratempos – escreva sobre o que você aprendeu e como que, com sua força, você conseguiu passar pela dificuldade. Também comemoramos vitórias – acaricie-se nas costas com muito amor e orgulho. Não há necessidade de se concentrar na ortografia ou gramática, basta deixar suas palavras fluírem.

Limpe sua caixa de entrada, área de trabalho, mensagens de texto e fotos – É libertador! Corte a desordem e libere espaço digital para novas memórias.

untitled-design-5

Viaje para um lugar que ainda não foi – Umas férias de sonho, um restaurante, um parque, um camping, a praia favorita do (a) seu (sua) parceiro (a) … não importa onde você vá ou o que você fará, basta fazê-lo. Experimente algo novo.

Cumprimente um estranho – Você já viu a reação de uma pessoa desconhecida quando você a cumprimenta com um sorridente bom dia? Praticar essa troca positiva, afetuosa e bonita nos deixa muito bem. Vá em frente, você já pode começar essa nova rotina a partir de amanhã!

Assista ao nascer do sol – É a hora mais pacífica do dia. As aves começam a falar e as cidades lentamente bocejam e se esticam para sair da cama. Um brilho suave começa a aparecer no céu. É o momento perfeito para meditar, refletir, dar graças ou definir suas intenções. Só você, seus pensamentos e um sol nascente.

Pense adiante – 2017 está bem pertinho. Pense sobre as intenções e metas do seu novo ano. Eu, por exemplo, pretendo viajar mais com as pessoas que amo. Para tornar meu desejo em realidade, preciso ser mais financeiramente estratégica. Pensar na frente me permite tomar as decisões que impacte positivamente o meu futuro.

untitled-design-6

Nota do Apezinho: E aí, você gostou da lista? Nós adoramos e já colocamos em prática algumas das ideias sugeridas. Todas, de alguma forma, envolvem afeto, cuidado, desapego e paz interior. Estão nos ajudando a dar um tchau carinhoso para 2016 e  a receber 2017 com mais equilíbrio e coração aberto. Esperamos que o seu processo tenha sido assim também. Um beijo grande das Pereiras!

As imagens lindas que ilustram o post pertencem a um perfil pelo qual somos apaixonadas: o Corações Involuntários. “Se você vir algum coração perdido por aí, fotografe e mande por email para eles! coracoesinvoluntarios@gmail.com”. Vamos espalhar o amor!!

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta