buscar

Oh, que dúvida!

outubro 17, 2014

Quando montamos o nosso apezinho, temos que tomar um milhão de decisões. Qual sofá combina com qual cadeira? Que tapete vai ser o melhor? Azul escuro ou um pouco mais claro? Com a quantidade de informação e opções disponíveis, enfrentamos momentos difíceis que podem nos paralisar. Na próxima vez que você passar por algum dilema desses, lembre-se dessas dicas! Elas vão te deixar mais tranquila (o) e a solução virá mais rapidamente!

SONY DSCDecida a partir do que você mais valoriza  – O que é mais importante pra você? Preço, qualidade, aparência, funcionalidade ou conforto? Essa resposta vai direcionar melhor a sua decisão. E vale para quase tudo!

Ah, vc também pode atribuir características aos ambientes. Por exemplo, como você quer a sua sala? Calma e serena ou selvagem e energizante? O que parecer fora desse “comportamento” será descartado.

 

 Confie no seu instinto – Sua primeira escolha geralmente é o caminho certo. Dê a ela peso dois quando pesar todas as opiniões que virão depois.

Confie em um amigo – Ele será bem-vindo se a coisa complicar. Amigos são úteis! Eles nos ajudam com novos pontos de vista. Mas, olha, o peso do que ele falar é menor do que o seu, combinado? Em última análise, você é que vai viver no apezinho, não ele.

fe434a060a87e356c4286a2bcabe5164Compare opiniões online de várias fontes (tendo cuidado com os falsos) – Aqueles que contêm análise mais detalhada e elogios moderados geralmente são os melhores! Comentários de compradores também valem ouro. Pessoas reais são a melhor fonte.

A melhor escolha nem sempre é a mais perfeita – Sim, queremos sempre as opções mais perfeitas, mas nem sempre elas existem e isso pode ser bem frustrante! Se você não está completamente apaixonado pela sua decisão, repasse as ideias anteriores dessa lista. Se ela não parecer ruim, segue em frente. Se ela continua a incomodar, desista já!

Dê a si mesmo um prazo (mas não se apresse) – Deixe o tempo trabalhando com (e para) você. Não apresse suas decisões.Se você está cansada (o), estressada (o) ou sobrecarregada (o), a coisa pode dar errado. Retomar o assunto um ou dois dias depois. Sua perspectiva pode mudar.

Fez a escolha errada? Relaxa! – Se você entender que qualquer escolha é sinônimo de aprendizado, não há escolha errada, ufa! Até mesmo os erros podem ser encarados com mais leveza (e risos, de preferência). Como com qualquer coisa na vida, um pouco de perspectiva ajuda imensamente. Más escolhas são chateações e não problemas de vida e de morte.

Nota do Apezinho: Curtiu a tradução livre? Aqui está o link original.

cd27418576ec8cc50f8fd43aec5d3ce4

 

Boas compras, boa sorte, bom aprendizado!

Você também pode gostar de

Nenhum comentário

Deixe uma resposta