buscar

Alugar ou comprar?

julho 19, 2013

Faço um pedido antes que você comece a ler este gigantesco post: não desista ao dar de cara com o primeiro termo que não entender. Eu vou tentar traduzir tudo. Entender um pouquinho de investimentos é importante para a sua vida, vai por mim!

1) Olhando a questão pelo lado prático

Quando a vida permite que a gente junte uma grana, o sonho da casa própria começa a tomar forma. Junto com ele, vem a dúvida: vale mais alugar ou comprar um imóvel? Hoje eu vou contar o que disseram alguns amigos economistas quando fiz essa pergunta.

Primeiro, vamos responder à questão em termos financeiros, olhando-a da seguinte maneira: como é possível fazer o dinheiro render mais, alugando ou comprando? Por ora vamos deixar a beleza do sonho de lado e pensar em termos práticos, ok?

2) O que são taxas de juros? O que elas têm a ver com essa história?

Hoje as taxas de juros no Brasil estão caminhando para um padrão mais normal. Taxa de juros, em poucas palavras, é o que se cobra sobre um dinheiro emprestado. Quando se empresta dinheiro, ele tem que ser devolvido depois com um extra, certo? Esses são os juros. Assim, se há 15 anos o sujeito investia em Renda Fixa e a taxa de juros era alta, ele conseguia um bom retorno por esse investimento. Explicação rápida: Renda Fixa é um tipo de investimento de baixíssimo risco que você pode fazer através do seu banco mesmo. Quando você investe em Renda Fixa, é como se emprestasse o seu dinheiro para o banco e ele o devolvesse depois com juros.

Dessa forma, valia mais aplicar o dinheiro na Renda Fixa do que empatar toda a grana num imóvel. Resultado: muita gente que tinha recursos para a compra de um imóvel próprio preferia viver pagando aluguel e investir a grana, pois isso dava mais dinheiro. E dava dinheiro porque o rendimento proporcionado pela Renda Fixa era muito maior do que o montante pago como aluguel.

3) Comprar imóvel é investimento? Qual é o cenário hoje?

Você deve estar pensando: “Ué, mas imóvel não é um investimento?”. Sim, é! E a gente consegue entender o quanto esse investimento rende também pelo valor dos aluguéis, ou seja, o valor que alguém paga (ou pagaria) para usá-lo. O que acontece é que hoje o rendimento pelo aluguel está muito próximo do rendimento pela Renda Fixa. Logo, financeiramente, a história de aplicar o dinheiro não é mais vantajosa do que comprar um imóvel, como era muito claramente há 15 ou 20 anos.

4) O imóvel pode desvalorizar?

TODO MUNDO PERCEBEU QUE OS PREÇOS DOS IMÓVEIS QUASE TRIPLICARAM NOS ÚLTIMOS ANOS.

Calma, depois de ler isso tudo, não saia correndo com o seu dinheiro para comprar logo. Há outros fatores a serem colocados na balança. Um deles é o risco de desvalorização dos imóveis. Todo mundo percebeu que, em muitas regiões do país, eles quase triplicaram de preço nos últimos anos. Tem gente que diz que vem chegando o momento em que esse cenário pode começar a mudar. Sabe qual é um dos fatores que causa essa desvalorização? O desemprego.

Quando a taxa de desemprego é baixa, as pessoas têm mais recursos para comprar imóveis. Isso faz com que os preços subam: quanto maior a procura, mais altos ficam os preços. Cada vez mais gente assume financiamentos (até porque as taxas de juros estão convidativas para pegar dinheiro emprestado) e vemos mais pessoas realizando o sonho da casa própria. Mas a pergunta é: isso pode mudar? Se o país cresce pouco, a taxa de desemprego sobe e uma das consequências é a desvalorização dos imóveis. Até porque a taxa de inadimplência de quem comprou e não tem mais grana para bancar financiamento por ter perdido o emprego também aumenta – e isso faz com que a oferta de novos financiamentos fique cada vez mais escassa e cara.

5) Agora vamos falar do sonho!

Acho que agora dei um nó na sua cabeça. Pois é, não há uma resposta certeira para a questão do comprar ou alugar, pois as variáveis são muitas e cada caso é um caso. E agora vou sair um pouco da questão financeira para falar do sonho. Um dos meus amigos disse uma coisa bem sensata: é preciso ponderar a questão psicológica também. Ter um imóvel próprio é poder fazer melhorias sabendo que isso é um investimento em algo que é seu. Além disso, é ter a certeza de que em dois anos você não vai ter que procurar outro imóvel para alugar, caso o proprietário peça seu apê de volta.

Ele diz que, neste exato momento, se você tem toda a grana para pagar pelo imóvel à vista, talvez valha a pena. Se você for financiar, precisa pensar se vai continuar empregado em dois ou mais anos ou se, pelo menos, vai estar ganhando o que ganha hoje. É preciso ter em mente que carregar um financiamento nas costas é quase sempre estressante.

6) Então, o que fazer?

O que vale mesmo é você ter uma boa conversa com o gerente do seu banco, ler revistas especializadas, estar bem informado sobre o mercado imobiliário, ficar de olho na situação do país. E fazer muitas contas! Planejamento é fundamental.

 

Deu para entender? Gostaram das lições? Se quiserem, posso voltar para falar de investimentos que vocês podem fazer no dia a dia, que tal? E, se vocês deixarem suas dúvidas aqui, eu volto com as respostas dos amigos economistas. :)

Links interessantes:

Revista Exame – Como saber se é melhor alugar ou comprar? 

Folha de São Paulo – Alugar imóvel pode ser mais barato que comprar

Folha de São Paulo – Calcule se o imóvel desejado é compatível com a sua renda e valor de entrada

Você também pode gostar de

13 Comentários

  • Responda Morgana França julho 20, 2013 at 2:36 pm

    Muito boa a matéria! Preciso me informar muito mais sobre este assunto.

    • Josy Fischberg
      Responda Josy Fischberg julho 25, 2013 at 12:25 pm

      Boa sorte! E escreva para a gente se tiver dúvidas. beijos

  • Responda Danielle julho 23, 2013 at 9:35 am

    Muito boa a matéria! Uma outra sobre os melhores investimentos e seus riscos atualmente também seria ótimo!

    • Josy Fischberg
      Responda Josy Fischberg julho 23, 2013 at 6:19 pm

      Isso! Vou fazer um post falando sobre poupança e renda fixa para começar. Prometo! Adoro falar sobre esses assuntos. beijo grande

  • Responda Janaine setembro 11, 2013 at 6:43 pm

    Parabéns pela matéria, muito boa. Se encaixa no que estou procurando. Situação: Pagando um aluguel de R$ 500,00 consigo guardar outros R$ 500,00 mensalmente. O que é melhor, continuar nessa situação por mais 3 anos (prazo que estabeleci para comprar a casa própria) ou embarcar agora em um financiamento de R$ 1.500,00 por parcela?

    • Josy Fischberg
      Responda Josy Fischberg setembro 24, 2013 at 11:22 am

      Janaine, depende muito do quanto isso compromete do seu salário ou dos seus ganhos, qual é a sua posição do seu emprego atual… Vale ainda vc conversar com o gerente do seu banco para saber quanto renderia aplicar essa grana, em vez de usá-la para pagar as prestações. Vc já tentou fazer isso? beijos!

  • Responda Karú outubro 2, 2013 at 5:15 pm

    Uma delícia a sua escrita, muito clara e objetiva. Serei frequentadora assídua de sua página! ;)

  • Responda Paulo Casagrande novembro 20, 2013 at 1:25 am

    Parabens pela matéria,
    estou em uma situação parecida, tenho 3 imoveis pequenos alugados,
    o que dá uma ganho mensal de 1.500,00, estou querendo comprar minha casa, mas não sei se entro em um financiamento usando esse saldo do
    aluguel ou se alugo uma apt por 700,00 e aplico os 800,00 até poder comprar à vista. Goataria que desse sua opinião, obrigado.

  • Responda Marilia novembro 23, 2013 at 9:29 pm

    Queridos, encontrei esse blog por acaso e… Amor à primeira vista. Me identifiquei em vários posts mas resolvi deixar meu recado aqui pq era exatamente o meu dilema. No meu caso, optei por comprar mesmo pq apesar de os preços dos imóveis no RJ estarem exorbitantes, fiz muitas contas e cheguei à conclusão de que entre pagar o valor do aluguel e a prestação, era melhor celebrar uma união estável com o Banco que no final aquele dinheiro gasto um dia volta ao meu favor :). Sucesso ao blog!!!!!! Bjs.

  • Responda Jonatas Michel novembro 29, 2013 at 12:19 pm

    Olá! Tenho 17 anos e moro com meus pais. Ano que vem irei morar em outra cidade (Ponta GROSSA PR)para cursar uma faculdade. Estou em dúvida se alugo um lugar para morar ou se financio algo. Recebi uma proposta de um apartamento no centro da cidade no valor de 110 mil. E agora… compro ou não? Obrigado!

  • Responda Diogo maio 23, 2014 at 5:46 pm

    Eu tive a idéia de criar um site que mostra o tempo em que os imóveis ficam desocupados nas imobiliárias. Pensei que isso ajudaria as pessoas a usar este
    argumento na negociação de aluguel/compra de imóveis.
    Se puder conferir, o site é http://www.compararimoveis.com.br.

  • Responda Priscila Marquezin Felippe dezembro 6, 2016 at 9:04 am

    Olá! Li todos os comentários e o último é de 2014.
    Com atual situação do nosso país, compensa comprar hoje ou alugar?
    Tenho as minhas dúvidas…
    Não tenho dinheiro (hoje) para pagar à vista.
    Aguardo resposta.

    • Daniela Pereira
      Responda Daniela Pereira dezembro 30, 2016 at 12:11 pm

      Oi Priscila, nesse momento as opiniões estão bem divididas. Confiamos muito no que a Mara Luquet fala sobre o assunto, manda um email pra ela por esse site: http://www.letraselucros.com/ Beijos e boa sorte!

    Deixe uma resposta